Associe-se Já! Conheça todas as Vantagens Preencha o formulário e receba por email todas as vantagens de ser associado da Casa do Professor! Beneficie de preços especiais na formação, usufrua de descontos em farmácias e lojas, apoio jurídico gratuito, apoio nos concursos e muito mais!
Home Loja METODOLOGIAS DE ENSINO DE AVALIAÇÃO E DE INCLUSÃO O Modelo RTI – Identificar, prevenir e intervir no desenvolvimento da linguagem e da literacia (1.ª edição)
21/11/2020
e-learning

O Modelo RTI – Identificar, prevenir e intervir no desenvolvimento da linguagem e da literacia (1.ª edição)

75,00 150,00 

Limpar
Data Início

21/11/2020

Data Fim

09/01/2021

Duração

25h+25h

Modalidade

Oficina

Regime

e-learning

Acreditação

CCPFC/ACC-108408/20

Destinatários

Grupos 100 e 110

D.C.P.

Sim

Formador

Roberta Neves de Moraes

Preço Associado

75,00 €

Preço Não Associado

150,00 €

Data

Horário das sessões síncronas

21/11/2020

Das 14h30 às 17h00
28/11/2020

Das 09h00 às 14h00

05/12/2020

Das 09h00 às 14h00

12/12/2020

Das 09h00 às 14h00

19/12/2020

Das 09h00 às 14h00

09/01/2021

Das 09h00 às 11h30

– Explorar a operacionalização do modelo RTI;
– Identificar e reconhecer sinais de alarme para alterações de linguagem oral e escrita;
– Compreender diferentes abordagens de intervenção e estratégicas promotoras das competências de linguagem verbal e não-verbal e de competências de leitura e escrita;
– Adquirir competências e estratégias de intervenção, para que os alunos tenham domínio de capacidades fundamentais, para compreensão e expressão na linguagem oral e escrita.
– Conhecer e mobilizar metodologias e ferramentas de ensino ativas que fomentam a inclusão na sala de aula.

MÓDULO I – Da linguagem oral à linguagem escrita – 2,5 horas
– Definição de linguagem por diferentes autores
– O processamento auditivo e o desenvolvimento de linguagem
– A relação entre linguagem oral e o desenvolvimento da escrita
– O que sabemos sobre leitura e escrita
– Neurónios da leitura e linguagem escrita
– Teoria simples de leitura

MODULO II – O modelo RTI – 2,5 horas
– Pressupostos do modelo
– Para que serve
– A abordagem multinível
– O modelo RTI e o perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória
– As aprendizagens essenciais: o olhar da águia

MÓDULO III – O que originou as dificuldades dos meus alunos? O que a dimensão pedagógica não pode explicar? – 2,5 horas
– Perturbações de Fala
– Perturbações da Linguagem
– Perturbações de Aprendizagem
– Outras perturbações do desenvolvimento que dificultam a aprendizagem da leitura e da escrita

MÓDULO IV – Dificuldades de linguagem oral e escrita que interferem na aprendizagem – 5 horas
– Diagnóstico Diferencial: o que está ao nosso alcance? Avaliação baseada em evidência.
– O modelo multinível na identificação e prevenção de alterações na leitura e na escrita:
Como identificar dificuldades na descodificação
Como identificar dificuldades na fluência de leitura
Como identificar dificuldades na compreensão de leitura
Como identificar dificuldades nas dimensões gráfica e ortográfica da escrita

MODULO V – Medidas Universais e Medidas Seletivas – 5 horas
– Como intervir a este nível
– Conhecer para compreender: estilos de personalidade; estilos de aprendizagem, sistemas de representação da PNL
– Compreender para agir: porque é que os alunos não aprendem?
– A autoavaliação do professor: como aferir resultados e estabelecer novos objetivos

MODULO VI – Metodologias, ferramentas e estratégias que fomentam um clima motivado, pacífico e produtivo – 5 horas
– O mapa da empatia – onde quero que os meus alunos cheguem
– Escutar o aluno
– A participação do aluno no estabelecimento de objetivos e estratégias de aprendizagem e comportamento
– A pirâmide de aprendizagem Lalley e Miller
– A psicologia positiva e o inquérito apreciativo e a mudança de paradigma do erro para o sucesso
– O uso do mind mapping
– Gamificação
– Aula invertida
– O feedback direcionado, objetivo e construtivo
– O positive behaviour support. o reforço contínuo dos pontos fortes do aluno
– O método socrático – questionar para envolver e integrar
– Gestão de perguntas e respostas
– Estratégias de motivação e participação do e no grupo
Apresentação de trabalhos finais. Avaliação – 2,5 horas

Formação Síncrona – 25 horas
A metodologia de realização da ação tem como princípio pedagógico e formativo a melhoria da prática pedagógica do professor no seu contexto de atuação. Durante a formação vão utilizar-se métodos expositivos e ativos, com recurso a diferentes técnicas pedagógicas potenciadoras da aprendizagem, designadamente: debate em contexto de sala para a consolidação dos conhecimentos adquiridos nas aulas teóricas; aprendizagem cooperativa, com os formandos a trabalhar em pequenos grupos; discussão e análise de situações reais.
É de referir que as sessões presenciais vão prolongar-se no tempo para permitir a aplicação no “terreno” das atividades propostas e dos materiais produzidos.

Trabalho assíncrona – 25 horas
O trabalho autónomo consiste na conceção da aplicação a um contexto educativo (grupo/turma) das opções metodológicas de intervenção do Modelo RTI. Pretende-se que conceptualize a aplicação dos princípios subjacentes a esta abordagem.

O regime de avaliação dos formandos contempla uma perspetiva formativa, realizada durante a formação, para promover o desenvolvimento das aprendizagens com vista ao ajustamento de processos e estratégias e, no final da formação, uma avaliação sumativa tendo por base uma reflexão final.
Os critérios de avaliação a utilizar incidem nos seguintes parâmetros:
– Participação ativa nas atividades propostas – 20%;
– Interesse, empenho, pontualidade –20%;
– Trabalho final individual de aplicação dos conteúdos – 40%.
-Relatório de Reflexão final – 20%
A avaliação dos formandos é realizada nos termos do despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio. Avaliação quantitativa na escala de 1 a 10 valores, com menção qualitativa de:
Excelente – de 9 a 10 valores;
Muito Bom – de 8 a 8,9 valores;
Bom – 6,5 a 7,9 valores;
Regular – 5 a 6,4 valores;
Insuficiente – 1 a 4,9 valores.