0,00 €

Nenhum produto no carrinho.

0,00 €

Nenhum produto no carrinho.

Home Loja A1 - DIDÁTICAS E METODOLOGIAS Fazer História – aprendizagem ativa (8.ª edição)
18/01/2022
a Distância

Fazer História – aprendizagem ativa (8.ª edição)

65,00 145,00 

Limpar
Data Início

18/01/2022

Data Fim

29/07/2021

Duração

25h

Modalidade

Curso

Regime

a Distância

Acreditação

CCPFC/ACC-102709/19

Grupo de recrutamento

200, 400

D.C.P.

Releva para a progressão na dimensão cientifica e pedagógica

Formador/a

Hugo Martins

Preço Associado

65,00 €

Preço Não Associado

145,00€

NOTA:

Certificado será enviado por email aos formandos com aproveitamento. Caso pretenda via postal, CTT, tem um custo adicional de 5,00€ (despesas envio)

Sessões síncronas previstas
Janeiro: dias 18, 25 e 31 das 19h00 às 21h00
Fevereiro: dias 08 e 14 das 19h00 às 21h00

  • Contribuir para o aperfeiçoamento das competências profissionais dos docentes no domínio das tecnologias de informação e comunicação, tendo em vista a integração destas no processo de ensino e aprendizagem
  • Incentivar a reflexão sobre a qualidade e potencialidades das aplicações educativas
  • Promover a autonomia dos professores na utilização de aplicações educativas para dispositivos móveis
  • Proporcionar aos professores metodologias de utilização de aplicações e tecnologias móveis no contexto de ensino e aprendizagem
  • Habilitar os professores para a elaboração de cenários de aprendizagem recorrendo a aplicações e tecnologias móveis
  • Fomentar contextos de aprendizagem inovadores e colaborativos
  1. Primeiro encontro – Socialização
  2. O perfil dos alunos e os desafios pedagógicos no ensino e aprendizagem da História
  3. Reforço das competências da aprendizagem da História com aplicações
  4. A avaliação formativa no ensino da História com recurso a aplicações móveis
  5. Ampliação e aprofundamento de competências de comunicação em História
  6. Apresentação dos trabalhos realizados

No âmbito das sessões síncronas, pretende-se proporcionar momentos geradores de interações múltiplas: formador-formando, formando-formador e formando-formando, criando-se assim oportunidades de partilha de conhecimento e de experiências.

Já nas sessões assíncronas, propõe-se a exploração dos conteúdos do curso do ponto de vista teórico. Esta componente incide sobre cada um dos temas previstos, com o formador a apresentar o quadro concetual que os sustenta, selecionando documentos e recursos teóricos que permitam o desenvolvimento de um trabalho adequado sob o ponto de vista metodológico e concetualmente rigoroso e coerente. Desenvolvida a fundamentação teórica, procura-se a cada conteúdo/módulo proporcionar aos formandos atividades práticas de exercitação das competências desenvolvidas, articulando-as com as situações vivenciadas na sua atividade pedagógica. Esses exercícios pretendem ainda estimular a visão prática dos conteúdos explorados, assim como proporcionar elementos que contribuam para a avaliação contínua do curso.

Avaliação quantitativa de cada formando expressa numa escala de 1 a 10 valores, nos termos do Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio.

Os formandos são avaliados de forma contínua através da participação nas sessões síncronas e assíncronas e da resposta/concretização das tarefas propostas ao longo da abordagem aos diferentes conteúdos de cada módulo (6 valores).

Trabalhos desenvolvidos durante a formação: participação nas sessões e reflexão individual que dê conta do seu percurso de aprendizagem, elaborado com o objetivo de detalhar o contributo da formação para a atividade docente, novos conhecimentos adquiridos, estratégias de consolidação e aplicação à prática pedagógica.