Inscrições abertas para ACD sobre como resgatar a beleza pela literatura infantil

A ação de curta duração “Crianças Leitoras, Famílias Felizes ou como resgatar a beleza pela Literatura Infantil” ocorre no dia 20 de abril, entre as 09h30 e as 12h30, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, e é dirigida a Professores Bibliotecários, Educadores de infância, professores do 1.º CEB, português 2.º e 3.º CEB, Cidadania e demais docentes interessados no tema. As inscrições podem ser feitas até 18 de abril para o e-mail seec@blcs.pt.

Formadora: Lúcia Maria Fernandes Rodrigues Barros
Local de realização: Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva
Grupos a que se destina a ação: Professores Bibliotecários, Educadores de infância, professores do 1.º CEB, português 2.º e 3.º CEB, Cidadania e demais docentes interessados no tema
Horário: 09h30- 12h30
Duração: 3 horas

Conteúdos:

  • Leitura e Felicidade: que relação?
  • A Literatura Infantojuvenil na Agenda 20230
  • Dimensão humanizadora da literatura
  • O amor ao Planeta e ao Outro
  • A dimensão questionadora da Literatura Infantojuvenil
  • Quando os livros se tornam família / companheiros
  • Que livros ler com os meus alunos?
  • O que fazer com / a partir dos livros?
  • O papel da escola na leitura em família

Que a leitura traz benefícios ao nível do enriquecimento lexical e da correção ortográfica, que, por sua vez, se traduzem num melhor desempenho escolar, é uma ideia globalmente aceite. E se, afinal, esses forem só os efeitos secundários da leitura? E se a leitura puder também contribuir para o bem-estar e felicidade das crianças, das suas famílias e até das nossas escolas?

Num tempo dominado pela tecnologia, pela velocidade, pela fragmentação de informação; num momento em que é repensada a educação e o lugar da escola, a leitura pode apresentar-se como um convite a abrandar, a refletir e a humanizar.

Tendo por base estas questões, a autora de Crianças leitoras, Famílias Felizes, Lúcia Barros, propõe, nesta ação de caráter teórico-prático, uma reflexão sobre as potencialidades do livro e da literatura para a infância, tendo por base a sua experiência de mediadora, quer em contexto de formação inicial e contínua de professores, quer em contexto familiar. A ação integra a partilha de sugestões diversificadas de obras e a experimentação de estratégias de abordagem ao livro, visando um renovado olhar sobre a literatura infantojuvenil e a sua versatilidade, assim como a integração da leitura nas rotinas do dia-a-dia de uma escola, transformando-a num verdadeiro valor.