Home Loja A2 - TECNOLOGIAS EDUCATIVAS O mundo tecnológico no Pré-escolar e 1.º Ciclo – A criação de recursos educativos digitais (1.ª edição)
brevemente
a Distância

O mundo tecnológico no Pré-escolar e 1.º Ciclo – A criação de recursos educativos digitais (1.ª edição)

65,00 140,00 

Este curso tem como objetivo promover a literacia e as competências digitais de educadores e professores do 1.º ciclo do ensino básico, impulsionando a inovação na Educação.

Limpar
REF: FCP091-1 Categoria:
Data Início

brevemente

Data Fim

a indicar

Duração

25h

Modalidade

Curso

Regime

a Distância

Destinatários

Grupos 100 e 110

Acreditação

CCPFC/ACC-112877/21

D.C.P.

Sim

Formador/a

Elisabete Barros

Efetuar inscrição como:

Não Associado, Associado

Preço Associado

65,00 €

Preço Não Associado

140,00 €

NOTA:

Certificado será enviado por email aos formandos com aproveitamento. Caso pretenda via postal, CTT, tem um custo adicional de 5,00€ (despesas envio)

A indicar brevemente

O curso de formação tem como objetivo geral:
. Promover a literacia e as competências digitais de educadores e professores do 1.º ciclo do ensino básico, impulsionando a inovação na Educação.
Em resposta a este objetivo abrangente, delineamos três objetivos específicos:
1. Criar e/ou adaptar recursos educativos digitais para o ensino e a aprendizagem, ajustando-os aos objetivos de aprendizagem e ao nível de competência das crianças, envolvendo-as ativamente no uso da tecnologia.
2. Experimentar e desenvolver, de forma crítica, novos formatos e métodos pedagógicos para o ensino e a aprendizagem (a distância e presencial), utilizando diversas ferramentas digitais.
3. Desenhar percursos de aprendizagem eficientes, inclusivos, personalizados e inovadores, preparando atividades e experiências, dirigidas a crianças, com recurso às tecnologias.

Apresentação do curso (1h síncrona)
Módulo 1: Educação a distância e competências digitais (1h síncronas + 1h assíncrona)
– Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores (DigCompEdu)
– O Plano 21|23 Escola+
– Especificidades da educação a distância – a tutoria online
– A importância da comunicação assertiva e orientada
Módulo 2: Criação de recursos educativos digitais (10h síncronas + 5h30m assíncronas)
– Técnicas de planeamento e a criação de recursos educativos digitais
– As ferramentas para a criação de recursos educativos digitais
– Direitos autorais, licenças Creative Commons e proteção de dados
– Gestão, proteção e partilha de recursos educativos digitais
– A criança como produtor de conteúdo
Módulo 3: A aprendizagem colaborativa (2h síncronas + 1h30m assíncrona)
– Características da aprendizagem com recurso às tecnologias
– Aprendizagem colaborativa com apoio de ferramentas digitais
– A relação escola-família em prol do crescimento das crianças
Partilha de Recursos através da apresentação dos trabalhos desenvolvidos (avaliação da aprendizagem) (3h síncronas)

O curso decorrerá em regime de e-learning organizado com sessões síncronas e assíncronas, tendo caráter teórico-prático. As sessões síncronas serão realizadas por videoconferência utilizando os métodos: expositivos – para apresentação dos conteúdos programáticos; interrogativos – possibilitando a interação com e entre os formandos; demonstrativos – para explicar o funcionamento de aplicações e ferramentas digitais; e ativos – para realizar trabalho individual e em grupo, aplicando e consolidando conteúdos. Nas sessões assíncronas serão privilegiados os métodos interrogativos – proporcionando interação em fórum de discussão e ativos – para exploração das ferramentas digitais e consequente criação de recursos educativos digitais. Serão ainda privilegiadas estratégias de tutoria ativa, dinâmica de grupo, trabalho colaborativo e “aprender fazendo”, apontando novos caminhos e metodologias que conduzam a práticas inovadoras com as crianças.

O regime de avaliação contempla uma perspetiva formativa, realizada no decorrer da ação, de modo a promover o desenvolvimento de aprendizagens significativas e de processos de autorregulação. No decurso das unidades programáticas, os formandos terão a oportunidade de realizar exercícios formativos de modo a terem acesso a instrumentos de monitorização e autorregulação da sua própria aprendizagem, fornecendo também à formadora indicadores relativos às dificuldades encontradas.
Os critérios de avaliação:
. Participação e intervenção relevante em fórum de discussão – 20%
. Interesse e empenho nas atividades – 20%
. Produção de recursos educativos digitais – 50%
. Reflexão final – 10%
A avaliação dos formandos é realizada nos termos do despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio. Avaliação quantitativa na escala de 1 a 10 valores, com menção qualitativa de:
Excelente – de 9 a 10 valores;
Muito Bom – de 8 a 8,9 valores;
Bom – 6,5 a 7,9 valores;
Regular – 5 a 6,4 valores;
Insuficiente – 1 a 4,9 valores.