Home Loja A2 - TECNOLOGIAS EDUCATIVAS O Excel como ferramenta pedagógica (19.ª edição)
novembro/21
a Distância

O Excel como ferramenta pedagógica (19.ª edição)

65,00 140,00 

Ao utilizar e dominar o Excel como ferramenta pedagógica, o professor ganha tempo para poder dedicar a si próprio ou à realização de outras atividades pedagógicas.

Limpar
Data Início

novembro/21

Data Fim

a indicar

Duração

25h

Modalidade

Curso

Regime

a Distância

Acreditação

CCPFC/ACC-102036/18

Destinatários

Todos Grupos

D.C.P.

Não

Formador/a

João Ferreira

Preço Associado

65,00 €

Preço Não Associado

140,00 €

NOTA:

Certificado será enviado por email aos formandos com aproveitamento. Caso pretenda via postal, CTT, tem um custo adicional de 5,00€ (despesas envio)

A indicar brevemente

  • Conhecer as vantagens Microsoft Excel, de modo a que sejam desenvolvidas respostas pedagógicas mais ajustadas
  • Compreender e ser capaz de usar o Microsoft Excel em situações específicas da organização da informação escolar
  • Adquirir os conhecimentos sobre a utilização do Microsoft Excel
  • Otimizar, automatizar e fiabilizar os cálculos e o tratamento dos dados
  • Otimizar situações de simulação baseadas em funções e gráficos de âmbito educativo
  • Preencher folhas de cálculo com base na prática pedagógica
  • Produzir documentos de apoio à função docente
  • Permitir a tomada de conhecimento das diversas formas de organização e apresentação de informação (dados) fornecidas pelo Excel

Módulo 1. Apresentação da ação

Módulo 2. Operações avançadas e funções

Módulo 3. A personalização e formatação conforme os modelos da escola

Módulo 4. Cálculo com funções

Módulo 5. As grelhas de avaliação e o cálculo das ponderações de avaliação

Módulo 6. O tratamento estatístico elementar e a produção de gráficos

Módulo 7. Aplicações práticas da folha de cálculo em contexto de ensino

Módulo 8. Apresentação do trabalho

Este curso vai funcionar integralmente em regime e-learning. No âmbito das sessões síncronas realizadas, pretende-se proporcionar momentos geradores de interações múltiplas: formador-formando, formando-formador e formando-formando, criando-se assim oportunidades de partilha de conhecimento e de experiências. Nas sessões assíncronas, propõe-se a exploração dos conteúdos do curso do ponto de vista teórico. Esta componente incide sobre cada um dos temas previstos, com o formador a apresentar o quadro concetual que os sustenta, selecionando documentos e recursos que permitam o desenvolvimento de um trabalho adequado sob o ponto de vista metodológico e concetualmente rigoroso e coerente. Após a fundamentação teórica, procura-se a cada conteúdo/módulo proporcionar aos formandos atividades práticas de exercitação das competências. Esses exercícios pretendem ainda estimular a prática dos conteúdos a explorar, assim como proporcionar elementos que contribuam para a avaliação contínua do curso.

Avaliação quantitativa de cada formando expressa numa escala de 1 a 10 valores, nos termos do Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio.

Os formandos são avaliados de forma contínua através da participação nas sessões síncronas e assíncronas e da concretização das tarefas propostas ao longo da abordagem aos diferentes conteúdos de cada módulo, tendo por referência os seguintes indicadores e respetiva ponderação:

– 25%  Participação | Realização das tarefas nas sessões

– 60% Produção de trabalhos e/ou materiais

– 15% Reflexão crítica