0,00 €

Nenhum produto no carrinho.

0,00 €

Nenhum produto no carrinho.

Home Loja Formação Contínua de Professores Como desenvolver o pensamento crítico em sala de aula (3.ª edição)

Como desenvolver o pensamento crítico em sala de aula (3.ª edição)

70,00 160,00 

Este curso pretende proporcionar momentos de criação de conteúdos de pensamento crítico a partir dos conteúdos das disciplinas. Pretende-se tornar claro de que forma podem os docentes trabalhar as competências de raciocínio tendo como referência as matérias que lecionam junto das crianças e dos jovens.

SKU: 70D0121FCP1
Data Início

06/05/2024

Data Fim

Duração

25h

Modalidade

Curso

Regime

a Distância

Acreditação

CCPFC/ACC-119419/23

Grupo de recrutamento

300, 400, 410, 420, 430

Releva para progressão na carreira docente?

Sim

Dim. Científica e Pedagógica

Não

Formador/a

Joana Rita Sousa

Preço Associado

70.00 €

Preço Não Associado

160,00 €

NOTA:

N.º minimo de participantes para realização da ação: 10, O certificado será enviado por e-mail. Caso pretenda envio por via postal o custo é de €5.00

Sessões síncronas previstas
06/05/2024 das 18h30 às 21h30 (terça-feira)
08/05/2024 das 18h30 às 20h30 (quinta-feira)
13/05/2024 das 18h30 às 20h30 (terça-feira)
15/05/2024 das 18h30 às 20h30 (quinta-feira)
20/05/2024 das 18h30 às 20h30 (terça-feira)
22/05/2024 das 18h30 às 20h30 (quinta-feira)
27/05/2024 das 18h30 às 20h30 (terça-feira)

31/05/2024 sessão assíncrona entrega da reflexão final

O curso de formação apresenta os seguintes objetivos específicos:
– Abordar diferentes entendimentos de pensamento crítico;
– Refletir sobre os contributos do pensamento criativo e colaborativo na prática do pensamento crítico;
– Identificar o papel da argumentação e do questionamento no pensamento crítico;
– Estruturar possibilidades de aplicação e de desenvolvimento do pensamento crítico a partir dos conteúdos programáticos;
– Reconhecer o contributo da metacognição no processo de ensino-aprendizagem;
– Contribuir para o desenvolvimento profissional e pessoal dos/as professores/as.

Apresentação (1 hora)
Módulo I – O que é pensamento crítico? (4 horas)
– Abordagens teóricas (autores: Ennis, Halpern, Paul, Chatfield, Hooks, Lima, Sousa).
– Pensamento crítico e metacognição.

Módulo II – Pensamento Crítico, questionamento e argumentação (7 horas)
– A arte de fazer perguntas.
– O que é um argumento?
– O diálogo como tempo e espaço de prática do perguntar.
– O compromisso com a razoabilidade.

Módulo III – Exercícios de pensamento crítico (7 horas)
– Exercícios de construção e avaliação de argumentos.
– Mapas mentais e mapas conceptuais.
– O quadrante das perguntas.
– Identificação de conteúdos programáticos que sejam trampolins para a prática do pensamento crítico.

Módulo IV – Avaliar o pensamento crítico (4 horas)
– As propostas de Lopes, Silva e Morais.
– Ferramentas de metacognição;
– O foco no processo de pensamento.
Avaliação (2 hora)

Por se tratar de uma ação sobre pensamento crítico e que visa identificar e criar possibilidades de trabalho do pensamento crítico, inclui metodologias ativas nas sessões síncronas e assíncronas.
Além da parte teórica e expositivo-dialógica a ação prevê e exige uma contínua reflexão crítica e desenvolvimento de trabalho individual e em grupo.
Serão propostos vários exercícios práticos com vista à consolidação e prática dos conhecimentos.

O regime de avaliação contempla uma perspetiva formativa, realizada no decorrer da ação, de modo a promover o desenvolvimento de aprendizagens significativas e de processos de autorregulação.
Os critérios de avaliação:
. Participação e intervenção adequada – 30%
. Produção de trabalhos/Realização de atividades – 50%
. Reflexão final – 20%

A avaliação dos formandos é realizada nos termos do despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio. Avaliação quantitativa na escala de 1 a 10 valores, com menção qualitativa de:
Excelente – de 9 a 10 valores;
Muito Bom – de 8 a 8,9 valores;
Bom – 6,5 a 7,9 valores;
Regular – 5 a 6,4 valores;
Insuficiente – 1 a 4,9 valores.

O certificado de formação é emitido mediante a assiduidade de dois terços das horas de formação e a conclusão da ação com aproveitamento.

Outras sugestões