Home Loja A1 - DIDÁTICAS ESPECÍFICAS A flexibilidade curricular na aula de português: estratégias e recursos digitais (1.ª edição)
04/05/2021
a Distância

A flexibilidade curricular na aula de português: estratégias e recursos digitais (1.ª edição)

85,00 180,00 

Limpar
REF: FCP075-1 Categoria:
Data Início

04/05/2021

Data Fim

28/06/2021

Duração

50h

Modalidade

Curso

Regime

a Distância

Acreditação

CCPFC/ACC-111476/21

Destinatários

Grupos 200 210 220 e 300

D.C.P.

Sim

Formador/a

Adelina Moura

Preço Associado

85,00€

Preço Não Associado

180,00€

Sessões síncronas
Dia 04/05/2021 das 18h30 às 21h30
Dia 11/05/2021 das 18h30 às 21h30
Dia 18/05/2021 das 18h30 às 21h30
Dia 25/05/2021 das 18h30 às 21h30
Dia 01/06/2021 das 18h30 às 21h30
Dia 08/06/2021 das 18h30 às 21h30
Dia 15/06/2021 das 18h30 às 21h30
Dia 28/06/2021 das 18h30 às 22h30

Fomentar práticas de flexibilização pedagógica e curricular em ambientes educativos digitais;

Estimular o trabalho colaborativo e interdisciplinar no planeamento, realização e avaliação de projetos educativos;

Promover práticas híbridas para concretizar a transição digital em contexto educativo;

Desenvolver práticas promotoras de metodologias ativas, inovadoras e criativas;

Executar procedimentos imprescindíveis à criação de ambientes de trabalho para o ensino a distância e presencial;

Produzir recursos educativos digitais adequados aos contextos e às necessidades educativas;

Melhorar práticas de gestão dos tempos e espaços de ensino e aprendizagem e os modos de trabalhar dos professores e dos alunos.

Módulo 1 – A Flexibilidade Curricular, o Perfil dos Alunos e as Aprendizagens Essenciais da disciplina de Português (6 horas síncronas + 6 horas assíncrona)

– A escola que temos e a que desejamos ter: caminhos e desafios da ação educativa à luz dos normativos em vigor;

– Transição Digital: Escola Digital e novos percursos;

– Flexibilidade contextualizada: dinâmicas organizacionais e pedagógicas;

– Áreas e níveis de competências digitais docentes: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores;

– Educação Digital: do e-learning ao mobile learning;

– Escrita criativa e colaborativa no ciberespaço.

Módulo 2 – Metodologias emergentes: processos, abordagens e recursos digitais para a aula de Português (6 horas síncronas + 6 horas assíncrona)

– Ciclo da aprendizagem baseada em projetos e em problemas;

– Pedagogia de projeto através de Webquest;

– Recursos para aprendizagem online para uma transformação digital da educação;

– Aprendizagem baseada em jogos vs. gamificação;

– Modelo Octalysis (elementos motivacionais);

– Ferramentas para gamificação.

Módulo 3 – Cultura Digital: Criação de Conteúdos Multimédia (6 horas síncronas + 6 horas assíncrona)

– Educação bimodal: da presencialidade à virtualidade e os novos ambientes educativos;

– Materiais, plataformas e aplicações para uma educação digital de qualidade (Milage Aprender+).

– Aprendizagem Invertida para criar ambientes de aprendizagem diferenciados e colaborativos;

– Percursos de leitura e escrita com recursos multimédia;

– Aprendizagem baseada em vídeos educativos.

Módulo 4 – Práticas de avaliação formativa digital (7 horas síncronas + 7 horas assíncrona)

– Procedimentos e instrumentos de avaliação formativa digital para melhoria da qualidade do ensino e aprendizagem (sistemas de resposta imediata);

– Rubricas combinadas com gráfico radar;

– Apresentação/discussão e avaliação dos recursos produzidos;

– Avaliação dos formandos e da formação.

Sessões síncronas: Apresentação dos ambientes de apoio; Exploração dos conteúdos da ação; Análise, discussão e reflexão sobre os recursos criados e das estratégias e metodologias implementadas e avaliação dos resultados. A participação nas sessões síncronas será por videoconferência na plataforma Zoom. As reflexões serão feitas em grande grupo. A avaliação incide sobre a participação nas sessões, nos fóruns e trabalho final.

Sessões assíncronas: M1. (6 h) – Realizar as leituras sugeridas, refletir sobre elas e partilhá-las nos fóruns criados; M2. (6h) – Planificar atividades e construir conteúdos pedagógico-didáticos em formatos variados; M3. (6h) – Experimentar as atividades planificadas e construídas; M4. (7h) – Avaliar e reformular as atividades criadas e refletir sobre possível melhoria. O trabalho assíncrono de debate e criação de recursos será nas plataformas em uso pela Casa do Professor e com tutoria ativa.

Avaliação contínua segundo:

1) Qualidade da realização das tarefas propostas e reflexões efetuadas.

2) Cumprimento das atividades de aprendizagem propostas:

– Participação nas atividades de discussão/reflexão propostas;

– Realização da planificação de atividades de aprendizagem ativa para aplicação na prática docente;

– Apresentação e partilha final do trabalho desenvolvido.

Ponderação global das classificações a atribuir:

– Participação (25%);

– Diário de Aprendizagem e assíncrona de aplicação dos conteúdos (60%);

– Reflexão crítica sobre a própria dinâmica de participação na formação (15%).

A avaliação dos formandos é realizada nos termos do despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio. Avaliação quantitativa na escala de 1 a 10 valores, com menção qualitativa.