0,00 €

Nenhum produto no carrinho.

0,00 €

Nenhum produto no carrinho.

Home Loja Clarabóia - Agenda Cultural Recital Solidário de Violino Solo com Pedro Queirós
28/11/2021

Recital Solidário de Violino Solo com Pedro Queirós

3,00 

Esgotado

REF: RECITAL1 Categoria:
Data Início

28/11/2021

Local

Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa (Braga)

Horário

15h30

Nota

A receita de venda dos bilhetes reverte integralmente para o Projeto Solidário da Casa do Professor Novelos de Afetos, que dá resposta, desde 2013, a inúmeras necessidades relacionadas com bens essenciais, educação, saúde e cultura de alunos da escola pública em Braga.

Este recital solidário surge no âmbito do programa de responsabilidade social da Casa do Professor, o projeto solidário Novelos de Afetos – Meadas de Partilha, que promove o sucesso escolar de alunos carenciados que frequentam a escola pública, nomeadamente o Agrupamento de Escolas Francisco Sanches, Maximinos e Celeirós.

Através de uma viagem musical a algumas das mais relevantes obras do repertório para violino solo, o violinista Pedro Queirós irá apresentar um programa eclético incluindo obras de compositores como Telemann, Bach, Prokofiev ou Piazzolla. Esta diversidade mostra o violino como instrumento versátil e multifacetado e proporciona o contacto com diferentes estilos e “mundos sonoros”.

Ao longo do recital serão feitos comentários sobre as obras a interpretar, por um lado no intuito de as contextualizar e por outro, de envolver o ouvinte de forma mais profunda no mundo fascinante e surpreendente da música para violino solo.

Pedro Queirós iniciou os seus estudos musicais no Conservatório de Música do Porto, onde concluiu os cursos gerais de violino e piano na classe do professor Alberto Gaio Lima e Isabel Rocha, respetivamente. Realizou os estudos superiores na Escola Superior de Música do Porto e continuou os seus estudos na Northwestern University (E.U.A) na classe de violino do professor Gerardo Ribeiro, obtendo o grau de Master of Music in Violin Performance.

Foi selecionado para diversas orquestras, tais como: Orquestra Portuguesa da Juventude, Orquestra de Jovens da Grécia (Corfu), Orquestra de Câmara da Escola Profissional de Música de Espinho e Orquestra de Câmara “Fiori Rari” (Suiça).

Lecionou violino, música de câmara, naipe e prática orquestral na Escola Profissional de Arte de Mirandela e foi professor de violino no Conservatório de Música de Vila do Conde, Conservatório de Música de Paredes e no Conservatório Bomfim em Braga.

Para além da sua atividade enquanto docente e músico de orquestra, apresenta-se regularmente a solo, nomeadamente com projetos temáticos de música barroca e contemporânea, em recitais com piano e integrado em agrupamentos de música de câmara.

Desde 2013 é professor de violino no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga.