Projeto VIOLETA pretende exaltar a questão dos géneros e demonstrar a sua capacidade não binária, não hierárquica, não estanque, que ultrapassa e combate o domínio do “rosa e azul” em prol de novas formas de pensar e colorir o género. 

Nos eixos de desenvolvimento estratégico da Casa do Professor, esta iniciativa alinha-se com os objetivos preconizados na Agenda 2030, nomeadamente ODS 5 – Alcançar a igualdade de género e empoderar todas as mulheres e raparigas. 

Assim, o plano de ação que se propõe para o Projeto VIOLETA assume como objetivos gerais: 

  • Prevenir toda e qualquer expressão de discriminação e/ou violência de género nos contextos de referência do programa formativo, através da sensibilização, informação, formação, capacitação de novas atitudes e comportamentos em todos os agentes envolvidos; 
  • Criar parcerias sólidas, que advoguem um trabalho em rede interinstitucional, com equipas multiprofissionais, fomentando a qualificação dos agentes educativos, promovendo processos de mudança e favoreçam a igualdade entre homens e mulheres; 
  • Dotar de forma rigorosa os professores em geral e o pessoal não docente, de um novo campo de conhecimentos, atitudes e valores que lhes permita atuar de forma adequada, construtiva, promovendo a Igualdade de Género em várias áreas de especialidade; 
  • Mobilizar a comunidade escolar para a reflexão e integração transversal da dimensão da Igualdade de Género no exercício das suas atividades; 
  • Contribuir para o desenvolvimento de competências investigativas, reflexivas e colaborativas que facilitem a construção de projetos curriculares adequados à igualdade de oportunidades de participação, reconhecimento e valorização de mulheres e de homens, em todos os domínios da sociedade, político, económico, laboral, pessoal e familiar; 
  • Contribuir para a produção de conhecimento, materiais e o desenvolvimento de competências que promovam a inclusão desta temática nos projetos educativos e outros documentos estratégicos; 
  • Construir uma rede formativa que possa apoiar o efeito multiplicador do conjunto previsto de ações junto à comunidade educativa (associações de pais, encarregados de educação e comunidade envolvente). 

Vértices de Operacionalização do Projeto

A ESCOLA 
A realidade escolar apresenta-se como um espelho da diversidade multicultural que contém, em si, diferentes origens socioeconómicas. A mudança de paradigma, baseada em ações locais estruturadas num pensamento global, começa na escola: espaço embrionário de criação do pensamento e laboratório comportamental. O apoio a entidades escolares traduz-se na construção de uma rede destinada a todos os profissionais de ensino. 

PARCEIROS 
A rede de parceiros escolares, geograficamente diversa e caracterizada por contextos socioeconómicos complexos, será o palco da integração da inovadora Formação em Igualdade de Género nas práticas educativas de cada estabelecimento de ensino. O interesse, demonstrado durante a fase de preparação do Projeto Violeta, comprova a sua urgência e relevância não apenas a nível local, mas a nível nacional e global. 

A FORMAÇÃO 
A resposta às problemáticas em questão reside na capacidade transformativa da educação. A abordagem pedagógica do Projeto Violeta contempla ações colaborativas e personalizadas, contextualizadas com a atualidade das temáticas em discussão e transversais nas suas dimensões pedagógica, científica, ética e social. 
A oferta formativa organizada pelo Centro de Formação da Casa do Professor incorpora quatro cursos, de regime gratuito, destinados a Professores, Formadores e Assistentes Operacionais:

Curso 1 – Educação, Género e Cidadania – Oficina 25 + 25 horas / trabalho autónomo;

Curso 2 – Género, Igualdade e Cidadania – 25 horas;

Curso 3 – Formação de Assistentes Operacionais para a obtenção da Especialização em Igualdade de Género – 58 horas;

Curso 4 – Formação de Formadores(as) para a obtenção de Especialização em Igualdade de Género – 72 horas.

Seja um agente da mudança
Faça hoje a diferença e contribua para um amanhã mais igual e inclusivo. Para isso basta indicar qual o seu interesse nas formações gratuitas disponíveis preenchendo o Formulário de Manifestação de Interesse.
Caso necessite de mais informações poderá fazê-lo através do email formacao@casadoprofessor.pt.

Junte-se a esta causa em prol de um futuro melhor!